sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

A cor certa para o Reveillon.

Traga para a noite de Reveillon e para o primeiro dia do Ano a sua cor. Impulsione a sua energia em 2011 com a cor indicada. Ela é totalmente individual pois depende da data em que você faz aniversário.

Para saber a cor que você deve usar na noite de Reveillon some o dia de seu aniversário, + o mês do seu aniversário e + o número 5 (todas as pessoas devem somar o número 5 ao dia e mês de aniversário).

Exemplo: se você fez aniversário em 27 de Agosto :
27+ 8+ 5= 40 4+0=4
Sua energia para a noite de Reveillon é 4

Exemplo 2: se você fez aniversário em 10 de Março :
10 +3+5 = 18 1+8=9
Sua energia para a noite de Reveillon é 9

Consulte abaixo o seu número para saber a cor a ser usada e qual é a sua energia para a entrada no Ano Novo 2011:

Número 1
Use a cor vermelho em um acessório ou roupa nesta noite de Réveillon. Ela trará todo o impulso necessário para rumar em direção à independência e realização no ano de 2011.

Número 2
Use a cor laranja para favorecer o calor, a comunicação e a espontaneidade nessa noite e assim você irá receber o ano novo com atitude de criatividade e entusiasmo.

Número 3
Use uma roupa de cor amarelo ou então um acessório. Você começa o ano com a energia de expansão, otimismo, criatividade.

Número 4
Use qualquer elemento da cor verde junto a você nesta noite de Réveillon. Você começa o ano com serenidade e desejo de estabilidade e solidez.

Número 5
Use em suas roupas ou algum detalhe a cor azul para ajudá-lo a começar 2011 com vivacidade, removendo bloqueios e favorecendo o fluxo de energia vital.

Número 6
O uso da roupa de cor azul anil ou algum objeto que esteja com você, dessa cor, estimulará um sentimento relaxante capaz de provocar a sensação de paz e confiança, tão importantes para você viver com serenidade seu grande ano 2011.

Número 7
A cor indicada para você nessa noite é o lilás, pois permite a renovação de energia pessoal, facilitando assim um novo direcionamento de sua percepção de vida no ano 2011.

Número 8
Use os tons de bege a marrom para contribuir para a sua atitude de confiança, eficiência e dinamismo, indispensáveis nesse ano de progresso.

Número 9
Use a cor rosa para poder liberar todo o amor que existe em você, deixando para trás o passado que aprisiona e entrando no ano de 2011 com visão ampla das enormes possibilidades para o seu futuro

Dica enviada por Rosana Brigagão.
A imagem veio daqui.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Noite dos Desejos.

Para você se preparar para esta Noite dos Desejos, o dia deve ser de muita meditação e contemplação com a finalidade de se conectar com seu Eu mais profundo.

Você deve procurar saber o que realmente deseja para não se perder no emaranhado de pensamentos fugazes do cotidiano.

À noite, vá a um lugar tranquilo onde você possa pisar na terra e ver o céu.

Olhe para o céu e contemple as estrelas. Pense em tudo o que você gostaria de realizar.

Depois, já em casa, ou onde preferir, acenda uma vela branca e um incenso de canela. Escreva uma carta para o seu Anjo e agradeça por todos esses desejos como se eles já tivessem sido realizados.

No dia seguinte, queime a carta e jogue as cinzas ao vento mentalizando que seus desejos estão subindo aos céus e sendo entregues aos Deuses.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O Fio de Ariadne.

Hoje na Grécia, é dia das Ninfas e celebra-se Ariadne.

De acordo com a mitologia, Ariadne era filha de Minos, rei de Creta. Foi ela quem deu à Teseu um novelo de linha para que não se perdesse no labirinto de Minos, pois ao desenrolá-lo poderia encontrar o caminho de volta.

Teseu foi mandado à Creta para entrar no labirinto construído por Dédalo. Era um labirinto tão bem projetado que quem se aventurasse nele não conseguia sair e era devorado pelo Minotauro.

Mas o Oráculo de Delfos revelou à Teseu que para ele sair vitorioso do labirinto, deveria ter a ajuda de um amor. E é aí que Ariadne entra na história. Ela se apaixona por ele e tenta ajudá-lo. Teseu não sentia o mesmo amor, mas reconheceu sua única chance de vitória e aceitou o novelo de linha.

Após matar o Minotauro, Teseu levou consigo Ariadne. Mas quando passou pela ilha de Dionísio, teve que deixá-la lá. Ariadne desconsolada acabou se casando com Dionísio, que a fez líder de suas ninfas.

Ariadne e Dionísio tiveram muitos filhos. Mas durante o parto do último filho, Ariadne não resistiu e morreu. Depois foi transformada na Constelação de Aridella.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Oração da Paz.

Reconhecer, -mas reconhecer mesmo, - que trabalhando e servindo estamos, acima de tudo, cooperando em favor de nós próprios.

Perseverança no trabalho de execução dos compromissos que assumimos significa noventa por cem na soma do êxito.

Não desestimar a importância e o valor de pessoa alguma.

Nos instantes de crise, usar o silêncio ao invés de azedume.

Zangar-se com alguém será sempre dilapidar a própria tarefa.

Perdão para as faltas alheias é a melhor forma de alcançar a desculpa dos outros em nossos próprios erros.

Observar o sinal vermelho para o mal no transito das palavras.

Um gesto de simpatia ou gentileza pode ser a chave para a solução de muitos problemas.

Perfeitamente possível administrar a verdade sem ferir, desde que esteja no bálsamo da bondade ou no veículo da esperança.

Nunca nos esquecermos de que a paciência favorece o socorro de Deus.

André Luiz.

Oração psicografada pelo médium Francisco Candido Xavier. Livro: Encontro de Paz.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Freya e a Magia da Vida.

De acordo com as tradições germânicas, essa deusa traz em si o poder da magia e do amor. Freya era uma guerreira e também líder das Walquírias.

As Walquírias, eram amazonas celestes que recolhiam a alma dos guerreiros que morriam em batalha.

Freya morava num Palácio e seu trono era de ouro. Costumava tecer fibras de ouro destinadas a recompensar homens virtuosos. Tinha uma carruagem puxada por gatos mas andava a cavalo quando ia em busca de algum combate.

Na mitologia escandinava, Freya está associada à aurora. Filha do deus do Mar, Njord, e esposa de Odin, deus supremo desse panteão. Possuía um colar de ouro e pedras preciosas confeccionado pelos Brisings, artesãos anões. Era um colar mágico e precioso, emblema da deusa da Terra.

Freya também tinha uma capa de penas que a tornava capaz de voar pelos seus domínios, na Terra e no Céu.
A origem do nome Freya vem do inglês, relativo ao sexto dia da semana, por ser este dia consagrado à deusa Vênus.

Invoque os poderes de Freya quando precisar reforçar seu magnetismo pessoal ou seus poderes psíquicos. Escolha um colar seu e peça a Deusa também que abençoe e imante esse colar que vai lhe servir de talismã para abrir caminhos.

A imagem veio daqui.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Lilith e a Liberdade.

De acordo com as escrituras judaicas, Lilith foi criada do barro, junto com Adão mas se recusou a se submeter a ele. Por isso fugiu usando o Impronunciável Nome de Deus.

Adão, foi queixar-se com Deus de sua solidão e logo foi atendido. Deus fez Eva, de uma costela de Adão.

Mas Eva foi a "culpada" pela queda e a expulsão do Éden. Adão então, separou-se dela e foi juntar-se à Lilith, antes de retornar finalmente para Eva.

Nesse intervalo, enquanto esteve com Lilith, tiveram vários filhos que se tornaram demônios. Quando Adão voltou para Eva, Lilith foi tida como Rainha dos Demônios.

Mas deixando de lado essa vertente medieval e demoníaca, Lilith surge como espírito feminino independente. É a imagem da mulher rebelde exigindo igualdade. Isso era bastante constrangedor para a sociedade patriarcal. Por isso, tentaram demonizá-la ao máximo e até a chamaram de mulher má.

Lilith é a primeira das deusas negras que, pela sua função de morte e renascimento, procura limpar as inutilidades acumuladas na vida para abrir espaço para o nascimento do que é novo. Ao que parece, seu nome vem da Suméria e quer dizer "aquela que se apoderou da luz."
 
Se você estiver precisando derrubar tabus ou se livrar de padrões antigos ou preconceitos que o impedem de ter uma vida livre e feliz, mentalize Lilith e tente se conectar com sua energia libertadora.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Natal, o Sol Invicto.

Os festejos de Natal tiveram origem nas antigas celebrações dos Solstício de Inverno. É uma data que comemora o nascimento de vários deuses solares.

Em Roma, por exemplo, celebrava-se hoje o “Dies Natalis Invicto”. Natal era o nome de um deus greco-romano que presidia ao nascimento de cada pessoa e a acompanhava a vida inteira.

Era chamado também de o Sol Invencível a quem o imperador Aureliano chegou a construir um templo em Roma. Sua festa era celebrada no solstício de inverno, no dia 25 de dezembro. A partir dessa data as noites passam a ficar mais curtas e os dias mais longos. Ou seja, as trevas diminuem e a luz cresce.

Como a festa do solstício é uma festa pagã, a Igreja, para atrair os pagãos e abafar seus cultos, instituiu no calendário romano também uma celebração: o nascimento do menino Jesus. Isso aconteceu em meados do século IV, em Roma, quando foi divulgado no calendário de notícias que no dia 25 de dezembro comemorava-se não só o nascimento do Sol Invencível mas também o de Cristo, em Belém da Judéia.

Passou essa data então, a ser oficial. Mas antes, o Natal Crístico já havia tido outras datas como por exemplo, 28 de março, 18 e 19 de abril, 20 de maio e até 6 de janeiro.

Na verdade, o dia, ano e mês exatos em que Jesus nasceu, ainda são uma incógnita.

A imagem veio daqui.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Missa do Galo.

Na noite da véspera de Natal, as comunidades cristãs costumavam celebrar uma missa após a ceia. A Missa começava à meia noite. E quando as pessoas voltavam para suas casas, os galos já estavam cantando, anunciando o nascer de um novo dia.

Foi assim, que a missa realizada entre os dias 24 e 25 de dezembro foi denominada de Missa do Galo.

Mas há outras versões para o título dessa Missa. Em uma delas, diz-se que foi nessa hora que o Galo cantou anunciando a vinda do Messias.

Em outra versão, diz-se que o nome teve origem no fato de Jesus ser considerado o sol nascente que veio nos visitar, clareando a escuridão. Tanto que em algumas igrejas antigas, ainda pode-se ver um galo no alto de seus campanários, representando a luz Divina.

Desde o ano 330 que a Igreja Católica celebra essa Missa em Roma, na Basílica de Santa Maria Maior. Mas só no século V que ela foi instituída.

O nome Missa do Galo, também confere vigilância, fidelidade e testemunho cristão.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Lei do Suprimento.

Você sabe como funciona a Lei do Suprimento?

Ela produz prosperidade e estimula o bem-estar, a vida produtiva e agradável.

Mas primeiro de tudo, ela é a convicção absoluta de que o Suprimento não precisa ser abundante, mas suficiente.

Mas para isso, é preciso deixar de lado o pessimismo e levar em consideração que a prosperidade sempre trabalha por quem trabalha. Então, vamos à luta pois o suprimento é vasto. Quanto mais você distribuí-lo mas você terá.

Veja um breve resumo do que seria a “Lei do Suprimento e Uma Vida de Abundância”:

1 Aprenda a viver pela lei de Deus.

2 Cultive um ponto de vista positivo.

3 Pense de maneira correta e faça sempre o melhor que você puder.

4 Deus sempre toma conta daqueles que O amam.

5 Prosperidade não deve ser concebida em termos financeiros. Mas em bênçãos divinas.

6 Procure não falar de carências ou cultivá-las.

7 Fortaleça os pensamentos de abundância pois estes ajudam a criar abundância.

8 Se pensamentos e palavras formam uma imagem mental, devemos cuidar para não pensarmos e nem falarmos palavras que expressem carência.

9 Se precisar, todos os dias expulse os pensamentos de carência de sua mente. Procure lhe dar pensamentos de prosperidade.

Se você preferir, as frases que fazem menção à Deus, substitua por Vida.

Post escrito com base no livro Pensamento Positivo para o nosso tempo, de Peale.
A imagem veio daqui.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Capricórnio, o Obstinado.

O Sol está entrando em Capricórnio. Está entrando num mundo simples, básico e sem muita complicação. Assim são os capricornianos.


Suas virtudes são a diplomacia, o perfeccionismo, o trabalho e a seriedade.

É o décimo signo do zodíaco. É um signo do elemento terra, regido por Saturno. Seu símbolo, um cabrito maltês. Aquele que sobe uma montanha até o topo e enfrenta qualquer obstáculo para alcançar seu objetivo.

Também simboliza seguir um caminho de consciência espiritual mais elevada, deixando o mundo material para trás.

É trabalhador, persistente e obstinado. Dizem que já nascem envelhecidos e que rejuvenescem com o tempo.

É representado também com o corpo de um bode, mas o rabo, de um peixe. Revela com isso sua natureza ambivalente entregue às duas tendências da vida: em direção ao abismo ou às alturas, em direção à água ou à montanha.

Nas lendas gregas, é uma representação de Pã, deus da natureza, que para fugir do Titã Tifon, se jogou na água. Mas enquanto se transformava em peixe, metade do seu corpo estava para fora d’água. Por isso acabou morrendo. Mais tarde foi transformado na Constelação de Capricórnio.

Sua pedra é Ônix. A palavra-chave: ambição. E a frase: Eu posso

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A Religião e o Caminho.

O sentido religare da palavra religião nos insere na dimensão cósmica da vida. Há algo maior do que nós que por alguma razão nos faz sentir parte do universo.

Ou nos faz sentir ligado à algo que esteja além deste plano terrestre. Algo que não alcançamos fisicamente mas que perante ele nos rendemos.

Não importa o nome. O fato é que esse algo maior está em toda parte do planeta influenciando as ações das pessoas. Interagindo em seus pensamentos.

Ele está presente nos corações humanos e no brilho de todo ser vivente.

O planeta é parte de seu todo. E é nessa parte desse todo que sentimos que de algum modo somos resultado de um plano engendrado por “alguém”.

E cada religião nos ensina um plano diferente. Cada religião descreve um caminho a ser seguido que, no entanto culmina sempre no mesmo desejo e dever de manter acesa esta ligação com o Todo. Com o algo maior.

E mesmo que não haja uma religião na vida do ser, há um senso que pode ser chamado de religioso pois está numa dimensão além do físico.

A imagem veio daqui.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Para ter Bons Sonhos.

Na mitologia germânica, hoje é dia da deusa chamada Mãe da Noite, padroeira dos sonhos e das profecias.

Peça a ela para lhe dar bons sonhos esta noite. E se puder, antes de dormir, acenda um incenso de ópio e mentalize a Mãe da Noite.

Procure também remover os resíduos diários do seu subconsciente fazendo uma reflexão. Isso pode ajudar você a entrar no mundo mágico dos símbolos e imagens com mais facilidade.

Existe também uma oração que pode ajudá-lo a ter respostas durante seus sonhos. É a oração de Santa Helena. Veja:

Santa Helena, filha de Rei e Rainha, três cravos Deus lhe deu.
O primeiro jogaste ao mar para o mar ser sagrado. O segundo destes ao teu irmão para a guerra combater. E o terceiro, ficastes com ele na mão para o mundo proteger. Empreste-me ele hoje e me faça ver em sonhos se isto (...)  deve acontecer.
Se tiver de acontecer, vós mostrai-me casa clara, igreja aberta, mesa bem ornada, campo verde e florido, luz acessa, água limpa e corrente ou roupa lavada. Se isto (...) não tiver de acontecer, vós mostrai-me casa escura, igreja fechada, mesa desarrumada, campo seco, luz apagada, água turva ou roupa suja.

Rezar esta oração, um Pai Nosso e uma Ave Maria para Santa Helena todas as noites até sonhar com uma dessas coisas.

A imagem veio daqui.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Festival do Pongal.

O Pongal é um mingal de arroz milenar. É um prato muito popular no Sul da Índia.

E hoje, na Índia é comemorado do Festival do Pongal. É um dia dedicado às deusas Sankrant e Sarasvatti pois com a proximidade do Solstício, as divindades que estavam dormindo nos últimos meses, retornam.

Nesse dia, as pessoas têm o costume de trocar presentes e também de oferecer arroz, manteiga, especiarias, açúcar e espelhos para os Brahmanes. O objetivo das oferendas é fazer com que elas intercedam perante as divindades garantindo uma vida plena e uma passagem pacífica.

As vacas são lavadas com ervas e açafrão e cobertas com folhagens e frutas. E seus chifres também são pintados. Depois, elas são levadas pra desfilarem pelas ruas.

As mulheres fazem o Pongal com arroz, leite e especiarias e depois o distribuem para a comunidade. Por último, oferecem o Pongal à vaca.

A imagem veio daqui.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Gob, o Rei dos Gnomos.

Os gnomos fazem parte do que na Irlanda chama-se “Povo Pequeno”. São seres elementais que se diziam existir na Europa, já bem antes do início dessa Era.

Folclore ou não, esses pequenos seres habitavam o cotidiano das pessoas. Os “Goblins”, por exemplo, às vezes ficavam irritadiços quando eram contrariados ou enganados. Também tinham os “Míneros”, que cuidavam das pedras e dos metais. Estes eram verdadeiros guardiães da terra.

Os “Brownies”, parecem ser o mais conhecidos dos elementais. Também chamados de “Pixies”, na Cornuália. A lista é extensa. Tem os Fenodoree, na Ilha de Man, os Bodach, na Escócia, entre outros.

A verdade é que os gnomos são elementais que gostam de objetos brilhantes, moedas, pedaços de metais, cristais, flores, fitas coloridas, biscoito de gengibre, canela e mel. E o mais importante, adoram ouvir uma música alegre para poderem dançar. São muito festeiros.

Para entrar em contato com esses seres, procure ver elementos da natureza nos lugares por onde passar durante o seu dia. E se puder, tenha sempre em casa plantas, fonte de água ou sinos que balançam com o vento, pois isso os atrai e traz até você boas energias.

A imagem veio daqui.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Nithael, Anjo da Longevidade.

O dia de hoje é do Anjo Nithael. Ele é invocado para ajudar as pessoas a alcançarem a misericórdia Divina e a longevidade. Também protege todas as pessoas que dedicam a vida à religiosidade e à caridade.  

Os estudiosos da Cabala dizem que este Anjo propicia uma existência correta e tranqüila. Pois ele auxilia as pessoas para que atinjam seus objetivos. É um Anjo que possui um aspecto humanitário procurando afastar seus protegidos das injustiças e das atitudes errôneas.

Diz-se que quem nasce neste dia, dominará o campo espiritualista e metafísico. Além de ser capaz de transformar em realidade seus sonhos.

Nithael é da categoria dos Principados, cujo regente é Haniel, príncipe chefe dos Cupidos.  

O número de sorte de Nithael é 5. Sua melhor hora para oração é de 17:40 às 18:00 horas. O salmo deste Anjo é o de número 102.

A carta do Tarot é a da Temperança, número 14.

Esta carta representa a harmonia e a habilidade necessárias que antecedem à transformação. Através dela é possível atingir a estabilidade mental e emocional para alcançar seus objetivos.

As palavras chaves são retidão, apaziguamento, santidade, confiança e temperança.

A imagem 1 veio daqui.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Egeria, Deusa Aquática.

Egeria foi esposa de Numa Pompilio, segundo Rei de Roma que viveu por volta de seis séculos antes da Era Cristã. Mas ficou para a história como uma deusa romana da Sabedoria e das Profecias.

Era uma das quatro Camenas, o equivalente às Musas Gregas. As Camenas, eram ninfas relacionadas às fontes e aos mananciais. Eram muito sábias a às vezes faziam profecias revelando o futuro dos mortais. Tanto que o nome Egeria até hoje é usado para designar as mulheres conselheiras.

Egeria teria ensinado ao marido os rituais corretos de veneração da terra. E também lhe mostrado como um rei pode ser justo e sábio.

Foi ela também que nos deixou o legado das primeiras leis de organização das cidades. Mais tarde, quando tornou-se uma divindade completa, passou a ser venerada pelas mulheres grávidas que lhe pediam presságios e orientações sobre seus filhos.

Seu culto em Roma acabou sendo assimilado com o da Deusa  Diana, a Caçadora, pois ambas dividiam o mesmo altar.

Hoje é um bom dia para mentalizar a Deusa Egeria e meditar sobre os aspectos de sua vida que precisam buscar ou demonstrar mais sabedoria.

A imagem veio daqui.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Alcione e a Paz.

Alcione ou Halcyone era uma linda mortal que havia se apaixonado por um pescador, chamado Ceyx. Conta a lenda que Ceyx, ao fazer uma viagem para consultar o oráculo, morreu afogado num naufrágio. Alcione em seu desespero, se atirou ao mar.

Essa prova de fidelidade e de amor provocou clemência nos deuses, que transformaram ambos num casal de alcíones, aves aquáticas.

Diz-se que a fêmea faz seu ninho no mar e o mantém tranqüilo acalmando os ventos e as ondas com seu canto.  Essa calmaria dura os sete dias que antecedem ao Solstício de inverno (Hemisfério Norte), que ocorre no dia 21 deste mês. E a mesma calmaria continua nos sete dias seguintes. Daí vem o significado do nome Alcione: paz.

No mito grego, Alcyione era uma das Plêiades, as sete filhas da Ninfa Pleione. Alcione e as irmãs costumavam acompanhar a deusa Ártemis em suas caçadas. Até que um dia a deusa as transformou em constelação.

A imagem veio daqui.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Os Olhos de Ewã.

Hoje comemora-se Ewã, a deusa iorubá que rege o céu, a terra, os ventos, as nuvens e a água. Ou seja, ela está em todos os lugares.

Ewã é o orixá da beleza e dos mistérios. Tem o domínio de tudo o que acontece no mundo pois possui sensibilidade, sexto sentido, vidência.

É considerada os “olhos de todos os orixás”. Por isso é chamada também de Senhora dos Olhos.
Segundo a lenda, essa deusa passa metade do ano como mulher e a outra metade como uma serpente. Por isso seus símbolos são uma cobra e uma espada.

 Ewã significa também “a que se banha nas águas doces”.

Se você quer melhorar ou preservar sua visão sobre o mundo, entre em sintonia com a energia dessa Deusa mentalizando-a. E se puder, tome um banho de cachoeira ou de chuva.

A imagem veio daqui.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

2010: Ano do Tigre.

O ano de 2010 já está terminando. Ano passado, muitos astrólogos, sensitivos e videntes fizeram suas previsões. Mas será que o ano ocorreu conforme o previsto? Veja algumas previsões que foram feitas para 2010:

O horóscopo chinês, previu que em 2010 estaríamos vivendo o ano do Tigre, um sinal de que os fatos aconteceriam com maior intensidade. Alguns conflitos armados poderiam se intensificar e os acontecimentos se desencadeariam visando os extremos : o bem e o mal.

Seria um ano explosivo. Obstáculos grandes. Oportunidades surgiriam a qualquer momento. Enfim, um ano de grandes mudanças.

O ano de 2010, segundo as previsões, pedia reflexão quanto aos nossos próprios atos e acima de tudo muita compreensão, bom senso e diplomacia.

O Tigre é um animal independente, autoconfiante, imprevisível, radical, apaixonado. É um excêntrico que adora os desafios e persegue os seus ideais e interesses com muita determinação, atropelando o que estiver na frente.

Na saúde, o ano do Tigre ressaltava que era preciso aprender a respirar. Uma respiração correta faz toda a diferença pois sua prática poderia levá-lo ao auto-conhecimento.

A imagem veio daqui.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Angerona e o Silêncio.

O dia de hoje é consagrado à Deusa romana do Silêncio, Angerona. Em algumas pesquisas, também seria Deusa da Angústia e do Medo.

Além do Silêncio, esta Deusa promovia a ordem.

Em algumas de suas representações, tem um dos dedos sobre os lábios e em outras, sua boca aparece amarrada.

Há várias interpretações a respeito desses gestos de Angerona. Há filósofos que dizem que quem tem a paciência de ocultar suas preocupações consegue ser mais feliz. Outros filósofos a interpretam como a supressão simbólica dos gritos de angústia pois estes seriam presságios de má sorte.

Em outra interpretação, faz-se menção a uma época em que animais morriam de uma doença chamada Angina e que desaparecera logo depois pois sacrifícios foram feitos à Angerona. Talvez esta interpretação seja a mais próxima da verdadeira pois a palavra Angerona vem do verbo angere, que tem como origem o termo angina, e que por sua vez significa oprimir, apertar, atormentar.

Angerona costumava ser invocada para guardar segredos ou vencer os medos, restabelecendo assim o equilíbrio.

Aproveite o dia de hoje para se conectar com a energia desta Deusa pedindo-lhe para afastar seus medos e angústias.

A imagem veio daqui.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Hermes, o Mensageiro do Olimpo.

Hoje o dia é dedicado ao Deus grego Hermes, o mensageiro do Olimpo. Último filho de Zeus.

Segundo a mitologia, Hermes era muito engenhoso e persuasivo. Diz-se que menos de 24 horas depois de nascer, ele conseguiu roubar cem novilhas do seu irmão Apolo, e ainda inventou a lira esticando uma tripa de vaca no casco de uma tartaruga na qual havia acabado de tropeçar.

Era considerado também Deus dos Negócios e do Comércio. E uma de suas habilidades era fazer profecias. Seu correspondente romano, era Mercúrio.

Como mensageiro dos deuses, ele corria incansavelmente do céu à terra e voltava trazendo notícias, ajudava a negociar contratos, promover casos amorosos e às vezes, fazer truques e brincadeiras só pelo prazer de se divertir.

Sua conquista mais conhecida foi ter conseguido libertar Io, amante de seu pai, que tinha sido aprisionada pelo gigante de cem olhos, chamado Argos. Argos teria raptado Io a mando de Hera, esposa ciumenta de Zeus. Hermes encantou o gigante e o fez adormecer com o som mágico da sua flauta. E depois, cortou-lhe a cabeça. Hera, em homenagem ao seu auxiliar morto, espalhou os cem olhos do gigante sobre as penas da cauda do pavão, sua ave de consagração.

Hoje é um bom dia para enviar de uma forma especial uma mensagem a alguém. Amarre duas penas num barbante e a cada nó que der, mentalize sua mensagem sendo enviada para quem você deseja que receba. Depois solte as penas ao vento para que Hermes o ajude a entregar a mensagem.

A imagem veio daqui.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Danu, Protetora da família.

Dan ou Danu era a mais importante das antigas Deusas irlandesas. Era ela quem dirigia uma tribo de deuses nomeada de Tuatha de Danaan, que quer dizer o Povo de Danu.

Dan significa conhecimento e segundo as lendas, seu povo era composto por exímios magos, sábios, artistas e artesãos. Mas vencidos pelos guerreiros Milesianos, se refugiaram nos Mundos Internos das Colinas, chamadas sidhe.

Os milesianos eram descendentes de Mile Espáine, os últimos invasores da Irlanda que derrotaram os semi-divinos Tuatha de Danaan.

Danu era uma deusa mãe protetora das famílias e das tribos. Era regente da terra e da água. Mas também da morte. Ela era descrita como uma deusa tríplice: Morrigan, a Deusa da guerra; Blodeuwedd, a Dama das Flores, simbolizando a vida; e Brighid, a Mãe, símbolo da fertilidade.

As Sacerdotirsas de Danu vestiam túnicas verdes, usavam flores nas tranças que faziam nos cabelos, usavam colares de âmbar e tiaras douradas.

A imagem veio daqui.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Tonantzin, a Mãe da Saúde.

Tonantzin também era chamada de A Grande Mãe Asteca e tinha diferentes atributos de acordo com os lugares e tribos que a veneravam.

Era Mãe sagrada e reverenciada, padroeira das parteiras e curandeiras. Seu poder de regenerar e curar através da terra e das ervas era grande.

Em Tepeyac, por exemplo, ficava o seu local de culto mais famoso pois foi onde, em 1531, ela teria aparecido para camponeses índios e pedido para que ali fosse construído um altar em sua homenagem.

Mais tarde, a Igreja Católica dedicou esse altar à Virgem de Guadalupe. Esta Virgem, além de incorporar o local de culto à Deusa, também incorporou a data de sua celebração, 9 de dezembro.

Hoje, no México, pessoas de vários lugares do mundo vêem visitar esse templo para fazerem orações e pedir a benção da Virgem de Guadalupe. Os descendentes de índios quando oram neste dia, sabem para quem estão fazendo suas orações. Mas ao final, tanto a Virgem, quanto a Grande Mãe, são a mesma Nossa Senhora.

A imagem veio daqui.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Imaculada Conceição, Rogai por Nós.

Nossa Senhora da Imaculada Conceição, é a invocação mais usada para a Virgem Maria no Brasil. Padroeira de Portugal, foi trazida para cá mas perdida nas águas de um rio. Pescadores a resgataram e a chamaram de Aparecida. Com este nome de Aparecida, a Imaculada Conceição se tornou também padroeira do Brasil.

Desde o início do Cristianismo que diversos padres da Igreja defendiam a Imaculada Conceição da Virgem Maria. E desde essa época, festas já eram realizadas em homenagem a ela. Mas só em 1476, que o dia 8 de dezembro foi oficializado pelo Papa Sisto IV como sendo o dia da Virgem.

Mais tarde, em 1854, também num 8 de dezembro, o Papa Pio IX, na bula Ineffabilis Deus, declarou como dogma da Igreja e artigo de fé, a Imaculada Conceição de Maria.

A verdade, para a Igreja, é que todos nós já nascemos pecadores, pois somos descendentes do Pecado Original. No entanto, a Virgem Maria, por singular graça e privilégio Divino, foi preservada imune dessa mancha do Pecado Original. Daí o seu nome Imaculada Conceição, aquela que foi concebida livre de pecado.

Quatro anos depois de ser declarado o seu dogma, a Virgem teria aparecido à Bernadete Soubirous, em Lourdes, na França. A Virgem teria dito que se chamava Imaculada Conceição. Essa aparição mariana aconteceu outras vezes e ficou conhecida como Nossa Senhora de Lourdes.

Oração a Nossa Senhora da Conceição

Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras:
"Ave Maria, cheia de graça"; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e, já que vós chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal e ajudai-nos a viver como dignos filhos vossos.
Nossa Senhora da Conceição, rogai por nós.

A imagem 1 veio daqui.
A imagem 2 veio daqui.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Dia do Povo das Fadas.

Hoje, na Irlanda, celebrava-se o Dia do Povo das Fadas. Elas moravam nas colinas, chamadas de sidhe.

Dentre os diversos tipos de Fadas, existiam as “Bean Sidhe”, que ficavam escondidas em seu habitat e só saíam para predizer a morte de um membro de uma família.  Elas anunciavam isso proferindo um canto agudo e triste. Caso alguém ouvisse era sinal de que alguém da família iria falecer. Seu lamento era uma forma de cantar a alma para o Outro. Essas fadas geralmente tinham os olhos vermelhos de tanto chorar. 

Já as “Leanan Sidhe”, eram vistas como Fadas do Amor. Diferente de suas irmãs Beans, elas inspiravam os cantores e músicos com a beleza de seus cantos e em troca recebiam amor e devoção desses artistas. Só que quando elas se afastavam para se recolherem nas colinas, os homens corriam o risco de morrerem de saudade.

Na Romênia, as fadas também tinham esse poder de enfeitiçar os homens. Diz-se que a Fada dos Bosques, chamada de Fata Padurii, produzia um canto que atraía os homens para a morte na escuridão dos bosques.

As Fadas são seres frágeis mas muito determinados. E se encantam fácil por tudo o que é belo e alegre. Portanto, se quiser entrar em sintonia com a energia das Fadas, procure olhar com bastante atenção para uma flor. Dizem que as Fadas geralmente ficam sobrevoando as flores. Mas não se preocupe. Hoje em dia, ninguém mais ouve o seu canto.

A imagem veio daqui.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Zoroastro e o Bem X Mal.

Zoroastro, foi um profeta nascido na Pérsia, atual Irã. Também chamado de Zaratrusta, reformou o sistema filosófico e religioso como o Masdeísmo, ou Zoroastrismo. Sistema esse, no qual existem duas forças em luta no universo, o Bem e o Mal.

Para esta religião, o Bem e Mal não são apenas valores morais que regulam a vida cotidiana dos humanos. Mas são princípios cósmicos em perpétua discórdia. E é a luta entre Bem e Mal que dá origem à todas as alternativas da vida do universo e da humanidade.

O Bem e o Mal estão por toda a parte seja na natureza ou presentes na alma humana. E a própria vida é uma luta incessante para atingir a bondade e a pureza.

A mensagem divina de Zoroastro provocou uma verdadeira transformação no modo de pensar da sua civilização, contrariando o pensamento dos sábios de sua época. As mensagens proferidas através de cantos entoados tinham o objetivo de serem um guia para a humanidade. Falavam sobre o triplo princípio de boa mente, boas palavras e boas ações.

Segundo Zaratustra, a única forma de organizar o mundo e a sociedade é colocando o Bem acima do Mal.

Acredita-se que ele tenha vivido por volta do século VII a.C. E à semelhança de Jesus, Zoroastro também teria nascido de uma virgem fecundada por um raio de luz. Seu nome significa contemplador de astros.

A imagem vei daqui.

domingo, 5 de dezembro de 2010

O Elefante que dá Sorte.

O Elefante é símbolo de força, lealdade, longevidade, felicidade e também de ambição. Ele transmite poder e determinação de vencer.

No Oriente eles carregam reis e rainhas e por isso, estão associados à nobreza e a realeza.

Quando há num brasão a figura de um elefante, quer dizer que aquela é uma pessoa digna, sábia e confiável.

Ter um elefante em casa, a imagem de um, é símbolo de proteção contra energias negativas. Mas o elefante deve ficar de costas para a porta de entrada.

Também se diz que o elefante ajuda a fortalecer a saúde e facilita os assuntos ligados à dinheiro. Para favorecer a vida amorosa, é bom usá-lo como pingente. Mas se a sua preocupação for o trabalho, coloque um elefante na sua gaveta. É uma forma de proteger suas finanças.

Na Índia, é um animal sagrado. Tanto que a divindade mais popular é Ganesha. Ele tem a cabeça de um elefante. Segundo a mitologia hindu, os primeiros elefantes que habitaram a terra, tinham asas e viviam nas nuvens brincando.

E se você sonhar com um elefante, significa que tempos de fartura e de sorte estão prestes a chegar.

A imagem 1 veio daqui.
A imagem 2 veio daqui.


sábado, 4 de dezembro de 2010

Oyá, a Iansã.

Na África Ocidental, hoje é dia de Oyá, divindade iorubá que personifica a Força das Tempestades, dos Ventos e dos Relâmpagos.

Oyá, na língua iorubá, significa “quebrar, rasgar”, tal qual seus ventos fazem quando quebram a superfície da água.

Esta Deusa é uma guerreira protetora das mulheres que se envolvem em alguma disputa ou luta. Ela tanto pode ser construtiva quanto destrutiva.

Foi Oyá quem deu à Xangô, seu irmão e marido também, o poder do fogo e dos raios.

Também é conhecida como Senhora dos Mortos e sentinela dos cemitérios. Padroeira da justiça e da memória, preservando as tradições ancestrais. Diz-se que para controlar os desencarnados, chamados de Eguns, ela usa um espanador.

As oferendas que recebe são vinho de palmeira, inhames, feijão e carne de cabra.

No Brasil é chamada de Iansã, sincretizada com Santa Bárbara.

Sempre que presenciar uma tempestade, lembre-se de Oyá. Visualize a Deusa e imagine o vento limpando a raiva, a avidez e a negatividade de sua vida. Invoque também seu fogo para ajudá-lo em algum obstáculo que tenha que enfrentar para alcançar seu objetivo.

A imagem veio daqui.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Contatos com ETs.

É comum os estudiosos no assunto, afirmarem que em breve vamos voltar a convivência com seres de outras Galáxias. Ou seja, vamos ser reintegrados à convivência cósmica.

Eles partem do princípio de que não somos originários do planeta Terra. Viemos de outras Galáxias, expulso que fomos, por termos aderido à rebelião de Lúcifer. E uma vez isolados nesse mundo de realidade transitória, estaríamos confinados a nascer, morrer e renascer.

Só uma reintegração com o cosmos pode nos “libertar” dessa condição de exílio planetário.

Mas essa suposição, não é recente. Desde o início dos tempos que não só histórias acerca da mitologia dos vários povos existentes na Terra, assim como evidências rupestres ou pinturas, por exemplo, fazem menção a um contato dos humanos com seres de consciência e tecnologia superior à nossa.

Esses seres, materializavam-se, projetavam uma imagem ou até plasmavam formas no ar, na água ou sobre o solo para se comunicarem conosco. Verdade, mito histórico ou não, os possíveis contatos parecem ocorrer até hoje. Na Argentina por exemplo, conseguiram recolher os destroços de uma suposta nave alienígena acidentada em solo terrestre.

Se você quiser saber mais sobre isso, no próximo domingo, vai acontecer no Rio de Janeiro, um Seminário sobre Ufologia que irá abordar esse tema da Reintegração Cósmica do planeta terra. Além de outros temas como Asthar Sheran e dos contatos ocorridos na Argentina.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O Fio de Aracne.

A celebração grega de hoje homenageia Aracne, uma jovem mortal que ao desafiar a Deusa Atena, foi transformada num aracnídeo.

Talvez por isso, a história do mito de Aracne, evoque a fragilidade de uma aparência ilusória, enganadora.

De acordo com a lenda, Atena é a Deusa da Razão Superior. É mestra e patrona da arte da tecelagem. Enquanto que Aracne, é exímia nessa arte. E orgulhosa disso, chama a Deusa para uma competição pois acredita mesmo que pode vencer uma divindade.

Atena aceita o desafio e borda os 12 deuses do Olimpo em toda sua majestade. E Aracne, borda os amores dos deuses por mortais.

O tema da sua concorrente despertou a ira em Atena, que num golpe rasgou o trabalho de Aracne. Esta, envergonhada, se enforca.

Mas Atena, compadecida do mal que lhe causara, poupa-lhe a vida. Transforma Aracne numa aranha, cuja espécie, aracnídeo, guarda até hoje seu nome. Ela fica viva, mas suspensa pelos fios da teia que ela mesmo teceu.

Nos tempos remotos, a Aranha surgiu como uma divindade lunar dedicada à fiação e à tecelagem. Seu fio lembra o fio das Parcas Romanas que decidiam o curso da vida humana.

Hoje é um bom dia para meditar sobre as atitudes impensadas e demonstrações de falso orgulho. Bom também para avaliar padrões em sua vida que lhe tragam visões distorcidas da realidade. Visualize então novas formas criativas para alterar esses padrões. Tenha como exemplo a paciência e habilidade com que a aranha tece sua teia. Ela não se enreda em nós e nem aperta ou deixa frouxo demais os fios.

A imagem veio daqui.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Parcas Romanas, Moiras Gregas.

No antigo calendário Romano, Dezembro era o décimo mês chamado de Decem. O nome é uma homenagem à deusa Décima, uma das Senhoras do Destino.

Esta Deusa era uma das três Parcas, que em Roma, decidiam o curso da vida humana. Elas decidiam questões como vida e morte de tal forma que nem Júpiter podia interferir ou contestar.

Nona, a primeira Parca, tecia o fio da vida. O nascimento. Décima, a segunda Parca, cuidava da extensão dessa vida e do seu caminho. Era ela quem fiava a sorte. A terceira Parca, chamava-se Morta e era ela quem cortava o fio da vida. Era a que não voltava atrás.

Os meses do calendário atual foram adaptados do antigo calendário lunar. Se analisarmos sob esse aspecto entendemos o significado do nome das Parcas, que vem do verbo parir, dar à luz.

Uma gravidez humana, por exemplo, dura nove luas e não nove meses. Portanto, a Nona (lua), é a Parca que tece o fio da vida no útero materno. A Décima (lua), é a do nascimento, o cordão umbilical sendo cortado, o começo de uma vida terrena. E Morta, é a Parca que preside a outra extremidade da vida, o seu próprio fim que pode acontecer a qualquer momento.

Estamos então no período da décima lua. É o momento de revermos essa vida que embalamos durante esse tempo seja no campo das realizações profissionais, dos relacionamentos, da saúde, do caminho espiritual e fazermos um balanço.

Se puder, medite sobre o que conquistou durante essas nove luas e o que não vingou. Crie uma nova imagem de futuro de acordo com o resultado obtido e boa sorte, a ser lançada pela deusa Décima.

A imagem veio daqui.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

O Dragão e a Serpente.

Na mitologia dos mais diversos povos e civilizações, os Dragões estão sempre presentes. São animais de grandes dimensões, quase sempre de aspecto reptiliano, parecem lagartos imensos ou até serpentes.

Alguns têm asas, plumas e até poderes mágicos. E o mais importante, um hálito de fogo. São laberedas enormes que saem da sua boca, como um “lança chamas”.

A palavra Dragão vem do grego Drákon e significa “ver claramente”. Drakon era um termo usado na Grécia Antiga para definir grandes serpentes. As serpentes tinham esse poder de nada lhes escapar a atenção.

De acordo com a lenda, o herói grego Cadmo matou um dragão que havia devorado seus soldados. A deusa Atena apareceu no local logo depois e aconselhou Cadmo e extrair os dentes do dragão e depois os enterrar. Os dentes continham um grande poder tanto que, depois de semeados deram origem à gigantes. Esses seres ajudaram Cadmo a fundar a cidade de Tebas.

Na representação de uma Fera Heráldica, geralmente esculpida em brasões de armas ou escudos, o Dragão tem a cabeça de uma serpente com orelhas e língua pontudas. O corpo é de leão coberto de escamas, grandes asas e garras ligadas por membranas no lugar de patas.

Esse animal, mitológico, é o defensor absoluto de tudo que é considerado precioso. A sua força está na cauda que ele projeta em todas as direções. Dragão também significa o próprio universo, o qual ninguém pode dominar completamente.

Final de novembro é uma boa época para invocar seu Dragão Interior solicitando que queime todos os obstáculos na sua vida. E se puder, acenda três velas verdes e mentalize seus obstáculos sendo destruídos.

A imagem veio daqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...