domingo, 29 de junho de 2014

Pálio, São Pedro e São Paulo.


Hoje é dia da Solenidade São Pedro e São Paulo, no calendário católico romano dos santos. É neste dia que os arcebispos nomeados nos últimos 12 meses recebem o Pálio, símbolo primário desses cargos, diretamente das mãos do Papa. 

O Pálio é feito com lã de dois cordeiros brancos benzidos pelo Papa na liturgia de Santa Inês realizada a 21 de janeiro. Isso acontece todos os anos. O Pálio é uma faixa de lã branca com seis cruzes de seda preta. 

Neste ano, de 2014, o Papa Francisco fará a imposição do Pálio para 24 arcebispos de todo o mundo. Eles farão um juramento no qual se comprometem a serem fiéis e obedientes à Igreja Católica, ao Papa e aos seus sucessores. Desses 24 arcebispos, dois são brasileiros e quatro são africanos.

sábado, 28 de junho de 2014

São Irineu de Lyon.

Hoje é dia de São Irineu de Lyon, bispo grego que nasceu na Esmirna, na Turquia, no ano 130 da nossa Era. Ocupou-se da evangelização e do combate às heresias. Foi também a testemunha mais antiga do reconhecimento do caráter canônico dos quatro evangelhos.
 
Deixo abaixo uma oração: 
 
"Deus, nosso Pai, vós concedestes ao bispo Santo Irineu firmar a verdadeira doutrina e a paz da Igreja; pela intercessão de vosso servo, renovai em nós a fé a caridade, para que nos apliquemos constantemente em alimentar a união e a concórdia."

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Dia de São Guilherme de Vercelli.


São Guilherme de Vercelli nasceu na Itália em 1085. Ficou órfão ainda criança e foi morar com parentes. Aos 14 anos de idade fez a peregrinação do caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Mais tarde, tornou-se um eremita em Monte Virgiliano, na Itália, e de tanto receber discípulos, sentiu a necessidade de organizá-los numa comunidade.
Conta a lenda, que durante a construção da casa da comunidade, um logo atacou e matou o jumento que servia para carregar as pedras. São Guilherme então, ordenou ao lobo que fizesse o trabalho do jumento. Por isso nas imagens do santo, está ao seu lado um lobo com uma sela.
Durante a peste de 1120, cuidou pessoalmente dos doentes e não contraiu doença. Curava-os apenas com sua benção e oração. Faleceu de causas naturais em 25 de junho de 1142, em Guglietto, Itália.

sábado, 7 de junho de 2014

Ludi Piscatorii, Jogos de Pescadores.


Os Ludi Piscatorii eram um festival da Roma Antiga, celebrado a 7 de junho.
Este festival era organizado pelos pescadores romanos em honra do Rio Tibre, sendo a celebração conduzida por um pretor, magistrado romano.
Toda os pescados do dia eram levados em sacrifício ao Templo de Vulcano, onde eram lançados às chamas, ainda com vida.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

São Marcelino Champagnat.


Hoje é dia de São Marcelino de Champagnat, fundador da Congregação dos Irmãos Maristas. Nasceu na França em 1789 e aos 15 anos foi ordenado sacerdote. Morreu em 6 de junho de 1840. Foi canonizado pelo Papa João Paulo II em 1999. É padroeiro dos professores e da educação. Deixa abaixo uma oração ao Santo:
Ó Deus, pela intercessão de São Marcelino Champagnat, iluminai a mente e o coração de nossos jovens para que, ao tomarem conhecimento de Vossa palavra, possam amar-Vos e servir-Vos com o ardor próprio de sua idade. Iluminai também os mestres dando-lhes espírito de sabedoria para que possam conduzir retamente os discípulos que lhes são confiados. É o que Vos pedimos, Senhor Deus, com fé e humildade. Amém.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Oração de São Bonifácio.

Hoje é dia de São Bonifácio, também chamado de "O Apóstolo da Alemanha" por ter evangelizado e reorganizado a Igreja nessa região. Nasceu no ano 672, em Credition, Devonshire, Inglaterra. E morreu a 5 de junho de 754.

Oração de São Bonifácio: Deus, nosso Pai, velai por todos aqueles que têm a missão de guiar o vosso povo santo e pecador, através das contradições de nosso tempo. Iluminai a mente e os corações de nossos pastores: papa, bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, evangelizadores leigos, consagrados, todos os batizados indistintamente chamados a dar testemunho do Evangelho no meio em que vivem. E que sirvam para a nossa edificação as palavras de São Bonifácio: Não sejamos cães mudos, não sejamos sentinelas silenciosas, não sejamos mercenários que fogem do lobo, senão pastores solícitos que vigiam sobre o rebanho de Cristo, anunciando o desígnio de Deus aos grandes e pequenos, aos ricos e aos pobres, aos homens de toda condição e de toda idade, na medida em que Deus nos dê forças, a tempo e a desatempo, tal como o escreveu São Gregório no seu livro aos pastores da Igreja.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Rendamos Graças.


“Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” – Paulo. (1ª Epístola aos Tessalonicenses, 5:18).

A pedra segura.
O espinho previne.
O fel remedeia.
O fogo refunde.
O lixo fertiliza.
O temporal purifica a atmosfera.
O sofrimento redime.
A enfermidade adverte.
O sacrifício enriquece a vida.
A morte renova sempre.
Aprendamos, assim, a louvar o dia pelas bênçãos que nos confere.
Bom é o calor que modifica, bom é o frio que conserva.
A alegria que estimula é irmã da dor que aperfeiçoa.
Roguemos à Providência Celeste suficiente luz para que nossos olhos identifiquem o celeiro da graça em que nos encontramos.
É a cegueira íntima que nos faz tropeçar em obstáculos, onde só existe o favor divino.
E, sobretudo, ao enunciar um desejo nobre, preparemo-nos a recolher as lições que nos cabe aproveitar, a fim de realizá-lo segundo os propósitos superiores que nos regem os destinos.
Não nos espantem dificuldades ou imprevistos dolorosos.
Nem sempre o Socorro de Cima surge em forma de manjar celeste.
Comumente, aparece na feição de recurso menos desejável. Lembremo-nos, porém, de que o homem sob o perigo de afogamento, nas águas profundas que cobrem o abismo, por vezes só consegue ser salvo ao preço de rudes golpes.
Rendamos graças, pois, por todas as experiências do caminho evolutivo, na santificante procura da Vontade Divina, em Jesus-Cristo, Nosso Senhor.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Santo Ovídio.


Hoje é dia de Santo Ovídio, martirizado no ano 135 por sua fé cristã.
Conta a história, que Ovídio, um cidadão romano de origem Siciliana, fora enviado para Braga, em Portugal, pelo Papa Clemente I em 95 onde atuou como Bispo da cidade.
O nome Ovídio vem daquele que é ouvido. Por causa do seu nome a fé no santo passou a ser invocada para a cura de doenças no ouvido. No século XVII, sua sepultura foi encontrada. Sob a base dela, havia dois buracos em que o doente poderia colocar os dedos e pedir sua cura por meio da intercessão do santo.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

São Nicéforo de Constantinopla.


Hoje é aniversário de morte de São Nicéforo, comemorado pela Igreja Ortodoxa Grega. A Igreja Católica e a Ortodoxa comemoram esta data no dia 13 de março.
Nicéforo foi um escritor cristão durante o Império Bizantino e patriarca de Constantinopla entre 12 de abril de 806 até 13 de março de 815.
A Igreja Ortodoxa Grega é formada por várias igrejas autocéfalas, independentes do ponto de vista administrativo, mas unidas na doutrina, na comunhão eclesiástica e no ritual. Se diferencia da Igreja Católica por não possuir um único centro cultural e administrativo, o Vaticano. A celebração da missa e sacramentos são iguais. O que varia são as notas locais acidentais como o canto, a arquitetura dos templos, a arte iconográfica e o formato da cruz.
Deixo abaixo uma oração à São Nicéforo:

Senhor Deus, nós vos bendizemos pela vida de vossos servos e pedimos que saibamos imitar seus exemplos e virtudes, lutando pela justiça e pela glória de vosso nome.
Assim Seja!

domingo, 1 de junho de 2014

Conciliação


“Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz e o juiz te entregue ao oficial de justiça, e te encerrem na prisão.” Jesus. (Mateus, 5:25).

Muitas almas enobrecidas, após receberem a exortação desta passagem, sofrem intimamente por esbarrarem com a dureza do adversário de ontem, inacessível a qualquer conciliação.
A advertência do Mestre, no entanto, é fundamentalmente consoladora para a consciência individual.
Assevera a palavra do Senhor – “concilia-te”, o que equivale a dizer “faze de tua parte”.
Corrige quanto for possível, relativamente aos erros do passado, movimenta-te no sentido de revelar a boa-vontade perseverante. Insiste na bondade e na compreensão.
Se o adversário é ignorante, medita na época em que também desconhecias as obrigações primordiais e observa se não agiste com piores características; se é perverso, categoriza-o à conta de doente e dementado em vias de cura.
Faze o bem que puderes, enquanto palmilhas os mesmos caminhos, porque se for o inimigo tão implacável que te busque entregar ao juiz, de qualquer modo, terás então igualmente provas e testemunhos a apresentar. Um julgamento legítimo inclui todas as peças e somente os espíritos francamente impenetráveis ao bem sofrerão o rigor da extrema justiça.
     Trabalha, pois, quanto seja possível no capítulo da harmonização, mas se o adversário te desdenha os bons desejos, concilia-te com a própria consciência e espera confiante.

Fonte: Pão Nosso, Francisco Cândido Xavier pelo espírito Emmanuel

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...