sábado, 29 de março de 2014

Não é de Todos.


“E para que sejamos livres de homens dissolutos e maus, porque a fé não é de todos.” – Paulo. (2ª Epístola aos Tessalonicenses, 3:2.)

Dirigindo-se aos irmãos de Tessalônica, o apóstolo dos gentios rogou-lhes concurso em favor dos trabalhos evangélicos, para que o serviço do Senhor estivesse isento dos homens maus e dissolutos, justificando apelo com a declaração de que a fé não é de todos.
Através das palavras de Paulo, percebe-se-lhe a certeza de que as criaturas perversas se aproximariam dos núcleos de trabalho cristianizante, que a malícia delas poderia causar-lhes prejuízos e que era necessário mobilizar os recursos do espírito contra semelhante influência.
O grande convertido, em poucas palavras, gravou advertência de valor infinito, porque, em verdade, a cor religiosa caracterizará a vestimenta exterior de comunidades inteiras, mas a fé será patrimônio somente daqueles que trabalham sem medir sacrifícios, por instalá-la no santuário do próprio mundo íntimo. A rotulagem de cristianismo será exibida por qualquer pessoa; todavia, a fé cristã revelar-se-á pura, incondicional e sublime em raros corações. Muita gente deseja assenhorear-se dela, como se fora mera letra de câmbio, enquanto que inúmeros aprendizes do Evangelho a invocam, precipitados, qual se fora borboleta erradia. Esquecem-se, porém, de que se as necessidades materiais do corpo reclamam esforço pessoal diário, as necessidades essenciais do espírito nunca serão solucionadas pela expectação inoperante.
Admitir a verdade, procurá-la e acreditar nela são atitudes para todos; contudo, reter a fé viva constitui a realização divina dos que trabalharam, porfiaram e sofreram pela adquirir.

Fonte: Pão Nosso, Emmanuel por Chico Xavier. 

Um comentário:

  1. Cecile, tudo bem?:
    Esse é o caminho, trilhando-o chegará a algum lugar, mas o caminho é importante, até mais, que o chegar, pois ao percorrê-lo estás deixando muitas sementes do despertar aos adormecidos na vida, sem saberem. Mas o seu caminho íntimo é seu e as verdades descobertas devem ser experimentadas para se transformar em conhecimentos. A partir dessas vivências, escrever será cada vez mais gratificante a você e motivante aos leitores. Experimentar e constatar, só pode ser feito ao vivenciar, portanto aprenda a sair do corpo lucidamente, pera verificar a verdade do plano espiritual ou quarta dimensão, transite por entre os espíritos desencarnados e ajude os que precisarem com auxílio de seus mentores, que sempre lhe protegem e orienta sobre tudo, quando você permite ao ficar em silêncio, nem sempre possível, assim poderá descobrir a sua verdade da vida, pois o plano dos encarnados e o desencarnados é o mesmo. A partir dessa experiência, se já não está familiarizada com ela, você terá muitas respostas na "veia" da fonte direto no coração. Entenderá que todos estamos interligados, o Amor é a maior defesa e a única forma de ter poder com possibilidade de ampliá-lo ainda mais, pois só o bem tem poder infinito, embora na terra há um grande interesse em esconder essa verdade, como apresentar distrações e versões distorcidas que não levam a lugar nenhum. Estamos todos sob leis universais e rígidas como eletro magnetismo, existem dois gêneros em tudo no universo onde tudo vibra em si e está em constante movimento, tudo tem seu oposto e estamos sob uma única consciência, apenas devemos nos conectar a ela, conseguido com o despertar para ela. Existe duas forma para acreditar no Criador uma é pela fé ou crença sem provas outra pela ciência com provas e estudo da Mecânica Quântica.
    Desculpe meu comentário, não quero ser mal interpretado, pois o fiz com amor que tenho por todos e gostei de sua intenção e de seu caminho.
    Abraço de alma. AVilelas.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...