terça-feira, 15 de outubro de 2013

Papa Francisco na JMJ - 2013 (2).

--> "O futuro exige hoje reabilitar a política, uma das formas mais altas de caridade."
disse, de improviso, durante discurso feito à sociedade civil no Theatro Municipal do Rio


"A igreja sabe ainda ser lenta no tempo para ouvir, na paciência para costurar novamente e reconstruir? Ou a própria igreja já se deixa arrastar pelo frenesi da eficiência?"
questionou Francisco durante discurso feito a bispos brasileiros


"Não há lugar para o idoso, nem para o filho indesejado; não há tempo para se deter com o pobre caído à margem da estrada. Às vezes parece que, para alguns, as relações humanas sejam regidas por dois dogmas modernos: eficiência e pragmatismo."
disse Francisco em missa para o clérigo na Catedral Metropolitana do Rio


"Candelária, nunca mais. Violência, nunca mais, só amor"
disse o pontífice em encontro com oito menores infratores no Palácio São Joaquim


"Não é deixando livre o uso das drogas, como se discute em várias partes da América Latina, que se conseguirá reduzir a difusão e a influência da dependência química."
afirmou o papa, em discurso no hospital São Francisco de Assis


"Eu quero agito nas dioceses, que vocês saiam às ruas. Eu quero que a Igreja vá para as ruas, eu quero que nós nos defendamos de toda acomodação, imobilidade, clericalismo. Se a Igreja não sai às ruas, se converte em uma ONG. A igreja não pode ser uma ONG"
disse papa, em espanhol, em discurso a argentinos na Catedral Metropolitana do Rio


Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...