sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O ET de Varginha.

No início do ano de 1996 o Brasil foi surpreendido por uma notícia um pouco estranha. Três meninas em Varginha, interior do estado de Minas Gerais, teriam visto um ET. Essa notícia correu o mundo e ficou conhecida como o Caso Roswell Brasileiro.

A reação das meninas, ao avistarem o suposto ET, agachado perto de um muro num terreno baldio, foi a de gritar e sair correndo. Elas chegaram em casa assustadas e dizendo que tinham visto o “diabo”. Falavam que tinha olhos vermelhos e a pele marrom, brilhosa, oleosa. E na cabeça, três chifres. A mãe resolveu ir até a polícia relatar o caso.

Isso ocorreu por volta das 15:30hs do dia 20 de janeiro de 1996. Só que às 10:30hs, quatro bombeiros já haviam capturado uma criatura com a mesma descrição das meninas. E à noite desse mesmo dia, dois policiais militares também capturaram uma criatura. Provavelmente, a que foi vista pelas meninas.

Segundo os ufólogos, os bombeiros quando capturaram tiveram o cuidado de o fazer com luvas. Mas um dos policiais, segurou a criatura com as mãos sem usar proteção. Em menos de um mês depois ele morreu de causa desconhecida. No atestado de óbito estava escrito infecção generalizada.

Mas paralelo a isso, uma semana antes dessas duas criaturas terem sido capturadas, um incidente relacionado a este, aconteceu perto de Três Corações, cidade próxima à Varginha. Parece que um OVNI teria caído em terra e tendo sido detectado por radares foi logo resgatado por militares. Uma testemunha, um piloto de ultra-leve, que disse ter visto o objeto cair, foi de carro em direção a ele. Quando chegou próximo ao local, foi gentilmente convidado pelos militares a se afastar e não falar sobre o que vira.

Quando eu estive em Varginha, com uma equipe de televisão, um ano após o ocorrido, um comerciante de uma localidade vizinha quis nos convencer de que essas criaturas não passavam de pessoas com deformações físicas. Mas existiam muitos relatos, depoimentos que se encaixavam sem deixar dúvidas de que algo muito estranho aconteceu naquele dia 20 de janeiro. O dia da captura.

Uma ala do Hospital Regional, por exemplo, que fica em Varginha, foi fechada de emergência e alguns funcionários dispensados mais cedo. A notícia que corria era a de que um ser estranho tinha sido levado para o hospital para receber os primeiros atendimentos. Depois foi para uma base militar, onde supostamente o outro ser também teria sido levado. No outro dia, seguiram para Campinas, em São Paulo. A informação que tivemos é que já chegaram mortos. E um deles, enquanto estava vivo, teria gostado de tomar iogurte gelado de morango.

Acredita-se que o perito Badan Palhares tenha sido convidado para examiná-los. Mas questionado pela imprensa, sempre negou ter feito isso. O paradeiro dos corpos, ainda é um mistério. Na verdade, não se sabe se ainda estão no Brasil ou se foram para os Estados Unidos.

Mas independente disso, as buscas pela verdade continuam. Tanto que amanhã acontece no Rio de Janeiro uma palestra do ufólogo Marco Petit, que aborda esse tema e mostra parte da documentação original do Inquérito Policial Militar que foi instaurado no final da década de 90 visando acobertar o caso. Serão abordados também outros dois temas como Ufos na Chapada Diamantina, com Arthur Sérgio Neto e Ufos e a Globalização, com Orlando Barbosa Jr. Veja mais detalhes nesse link.

Ilustração de Lielzo Azambuja.

2 comentários:

  1. Vera do sulllllllll4 de fevereiro de 2011 08:20

    Olá!
    É mistério!!!!!!
    Nesta data estavamos ainda sob regime militar, tudo muito escondido,pouquíssimo divulgado e isso só aguçou a especulação.
    O que fazer? Quando saberemos a verdade?
    Para você uma ótima sexta, dia de planejar o fim de semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Vera, talvez só daqui a décadas possamos ter acesso à verdade sobre esse caso. Mas na realidade, isso é tratado como assundo de segurança nacional. É muito difícil prever.
    Enfim, só nos resta prever o final de semana. Um ótimo final de semana para você também!

    ResponderExcluir

As 3+ visitadas da última semana