terça-feira, 30 de agosto de 2011

As Graças e a Deusa Tríplice.

As Graças eram antigas manifestações da Deusa Tríplice, que doavam as “graças” ou “dons” que vinham do céu e das estrelas para os mortais.

Os romanos as chamavam de Vênia pois a aproximavam da Deusa Vênus pelos aspectos benevolentes da deusa do amor.

Os nomes dessas Graças eram:
Talia, aquela que traz as flores pois seu nome em grego significa flores. Era a musa da comédia e da poesia bucólica. 
Aglaia, a brilhante. Ela era a mais jovem e mais bela das três. Simbolizava a inteligência, o poder criativo e a intuição.
Eufrosyne, era a alegria do coração. A encarnação da graça e da beleza.

Também ficaram conhecidas como Deusas da Caridade pois graças em latim, era cáritas. Em grego, charis.

O cristianismo, para diminuir o culto pagão, atribuiu à palavra cáritas um significado puramente ascético. Caridade se tornou um requisito para se conseguir um lugar no céu e alguns de seus significados iniciais que eram amor, afeição, compaixão, foram se perdendo. As Graças aos poucos foram deixando de representar os aspectos da Deusa.

Leia uma pouco mais sobre as Graças da Caridade.

3 comentários:

  1. Vera do sullllllll30 de agosto de 2011 13:37

    Olá!
    Li e gostei muito...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vera, boa noite!
    Espero que estejas melhor.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Dê "Graças a DEUS", ofereça as tres jovensinhas para Deus...
    É impressionante o paganismo da humanidade...

    ResponderExcluir

As 3+ visitadas da última semana