sexta-feira, 4 de março de 2011

O Reino da Babilônia.


O Império Babilônico surgiu sob o amorita Hamurabi, por volta de 1730 a.C. Mas a fundação da cidade, é atribuída aos acádios que viveram entre os anos 2.350 à 2.150 a.C. Seu cinturão de muralhas e os Jardins Suspensos incluíam-se nas 7 maravilhas do mundo.

Hamurabi codificou as leis utilizando a escrita cuneiforme escrevendo-as em tábuas de barro cozido, preservadas até hoje. E foi através delas que a cultura moderna recebeu suas influências como a divisão do dia em 24 horas, da hora em 60 minutos e daí por diante. O círculo de 360º também foi criação dos matemáticos babilônios.

Situada no sul da Mesopotâmia, hoje Iraque, às margens do Eufrates, a cidade era um plano retangular contornada por fortificações intransponíveis. A porta de Isthar, dava acesso aos bairros dos edifícios oficiais. Os templos e as torres de andares tinham dimensões rigorosamente sacras. E o fornecimento de água era feito através de canais, algo inovador para a época.

A Babilônia era um centro de aprendizado e de criatividade. O nome vem de babil, que significa “Porta de Deus”, mas o Deus sobre o qual essa porta se abriu.
Muitas guerras, conflitos e vitórias se sucederam até que Nabucodonosor II, por volta de 600 a. C., instaurou um novo reinado e devolveu à cidade todo o seu esplendor.
As sucessões e brigas palacianas pouco a pouco minaram Babilônia.

Alexandre, o Grande, a dominou por volta de 330 a.C. Mas seus sucessores também não conseguiram impedir a sua decadência.

Os poucos magos Babilônicos que restaram, escreveram nos primeiros séculos de nossa Era, o Talmude Babilônico.

2 comentários:

  1. Vera do sulllllllll4 de março de 2011 08:49

    Olá Cecile!
    Depois que li a postagem, lembrei-me que se usa uma expressaõ "parece uma Babilônia", quando queremos nos referir a uma casa grande ou muito luxuosa. Realmente, naquele tempo ter edifícios e água encanada demonstra a apurada inteligência dos seus habitantes.Deveria ser também muito agitada, porque usamos a expressão tambémm para descrever muita gente "muvuca"mesmos.
    Bjs de sexta,sem carnaval e com a casa cheia....

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Vera!
    Deveria mesmo ser agitada. Era lá que ficava a famosa torre de babel, construída com o objetivo de ficarem mais perto de Deus. Isso teria sido uma afronta à Deus então foram castigados: falariam tantas línguas diferentes que ninguém se entenderia. Um dia escrevo sobre ela.
    Sem carnaval mas a casa cheia... cheia de alegria, energia positiva.
    Beijos pra ti também.

    ResponderExcluir

As 3+ visitadas da última semana