segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Tesmoforia, renovação da vida.

Hoje tem início o Festival de Tesmoforia, um culto muito antigo de origem neolítica.

Nessa época, houve a primeira manifestação humana religiosa baseada na mulher, associando esta à natureza, ao poder de dar a vida. Foi durante esse período que surgiu a prática da agricultura e a domesticação dos animais. Os povos começaram a fixar moradia e a se agregar em aldeias.

Esse culto era celebrado em favor da colheita dos cereais e de oferendas de leitões. Foi depois perpetuado no culto a Ísis e posteriormente, no culto a Deméter.

Quando à época de Deméter, o culto tinha a duração de três dias e representava a busca, a espera e o encontro com sua filha Perséfone que fôra levada pra o submundo por Hades.

No primeiro dia as sacerdotisas vestidas com túnicas vermelhas desciam para o altar de Deméter, localizado numa gruta. Elas levavam leitões como oferendas à Deusa, que eram deixados nas fendas da gruta. Era um ritual perigoso pois nessas fendas existiam serpentes que se alimentavam das oferendas. E as sacerdotisas tinham que levar à superfície os restos das oferendas do ano anterior.

No segundo dia todos faziam jejum numa evocação à Deméter, pela dor e prostração sentida com o desaparecimento da filha. Alguns prisioneiros eram libertados e julgamentos suspensos nesse dia. Invocava-se a justiça divina para todos que haviam transgredido as leis.

O terceiro e último dia é a fase que celebra o reencontro das duas deusas e a criação do eterno ciclo. É o dia dedicado ao plantio de tudo o que fôra retirado da terra. Desde os restos das oferendas à sementes e pinhas. Era uma espécie de fertilização mágica realizada pelas mulheres.

A palavra Tesmoforia significa estabelecimento das leis ou da instituição sagrada. Deméter era reverenciada como a Legisladora, a Guardiã da Lei.

Se tiver perdido algo que deseja recuperar, peça ajuda a esta deusa e nos próximos três dias mentalize a energia de cada um deles em benefício próprio. A mensagem desse ritual é de renovação de partes de sua vida que não estão lhe fazendo feliz.

A imagem 1 veio daqui.
A imagem 2 veio daqui.

5 comentários:

  1. Bom Dia Cecile!
    Renovar partes da vida que naõ nos fazem felizes.....
    Obrigada pela postagem. Vou mentalizar...
    Bjs
    e desejos de um lindo feriado.

    ResponderExcluir
  2. Olá Vera, obrigada!
    Às vezes acumulamos por hábito pensamentos e sentimentos que não nos trazem boas energias. Mentalizar vibrações amorosas para o cerne desses pensamentos ou sentimentos podem renová-los.
    Uma boa tarde pra ti e um feriado de muita paz, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Cecile, parabéns.
    Às vezes chego a lamentar que instrumento tao poderoso como a web seja tão mal utilizado, tao cheio de tolices, e a temer que se transforme no mais inútil dos veículos; mas sempre me deparo com docuras, como o seu blog, que me fazem rever conceitos, encher-me de esperanças e continuar crendo no mundo do bem construido por pessoas do amor. Parabéns, repito, não só pelo blog mas por sua cultura. Abraços. Continue!
    Gilberto Leite

    ResponderExcluir
  4. Linda tua postagem!Esclarecedora!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Boa noite amigos!

    Gilberto, obrigada por suas palavras de incentivo e carinho.
    Até mesmo num pequeno jardim as flores não estão livres das amarras de algumas ervas daninhas que insistem em crescer, apesar do olhar atento de seu fiel jardineiro. Mesmo que ele as arranque, pouco tempo depois, lá estão elas de novo a crescer. Se a natureza é assim, o que dirá de nós, meras cópias holográficas.
    Mas como você, eu também tenho esperanças de que um dia as flores cresçam mais alto do que as ervas. Só espero que quando isso acontecer, o jardineiro não fique sem trabalho, :)
    Seja bem vindo! OBrigada mais uma vez e bom feriado!

    Chica, que dia especial foi hoje!
    E você ainda encontrou tempo para vir até aqui!
    Obrigada, um beijo e bom feriado.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...